RIBEIRA DOS ILHEUS - ILHA DAS FLORES


Ribeira dos Ilhéus - Deslumbrante !!!

Ribeira dos Ilhéus - Abbagliante !!!

Ribeira dos Ilhéus – Stunning!!



O desafio proposto ao nosso cicerone, Marco Melo, não era de fácil concretização. O grupo, constituído por sete pessoas, não era homogéneo no que se refere aos conhecimentos e à experiência na prática deste desporto. Pedíamos-lhe portanto um troço acessível, longo, divertido e que espelhasse a beleza da ilha das Flores. Sem hesitações foi-nos sugerido levar em diante dois percursos no mesmo dia. Parte intermédia e inferior da Ribeira dos Ilhéus. Obviamente que não houve nenhuma contestação. Siga !!!




La sfida posta al nostro cicerone, Marco Melo, non era facile da realizzare. Il gruppo, costituito da sette persone, non era omogeneo per quanto riguarda conoscenze e esperienza nella pratica di questo sport. Per questo gli avevamo chiesto un tratto accessibile, lungo, divertente e che rispecchiasse la bellezza dell'isola dei Fiori. Senza esitazioni ci è stato suggerito di portare avanti due percorsi nello stesso giorno. Parte intermedia e inferiore della Ribeira dos Ilhèus.
Ovviamente non c'è stata nessuna lamentela. Forza !!!



The challenge to our tour guide, Marco Melo, was not easy to achieve. The group, consisting of seven people, was not homogeneous with regard to knowledge and experience in this sport. I asked him then a section accessible, long, fun, and which reflected the beauty of the island of Flores. Without hesitation, we were suggested to take two courses on the same day. Middle and lower part of Ribeira dos Ilhéus. Obviously there was no opposition. Go!



Team Flower Power




Ribeira dos Ilhéus - Flores - Açores - Portugal




Carlos Mendes




Lurdes Maio





Marisa Visser & João Escudeiro




Pedro "Bica"




A ribeira começa com dois ou três rapeis bastante acessíveis que acabaram por funcionar como local de treino para os menos experientes. Refira-se que desde muito cedo esta linha de água impõe a sua beleza fruto da flora espectacular que a envolve. Após uma pequena progressão chegamos a uma sequência de 3 passagens, que variam entre os 5 e os 7 metros de altura, entre paredes verticais, o que confere a esta zona da ribeira um cenário "engargantado". Tratam-se de obstáculos simples e de fácil execução. Uma vez estes ultrapassados, e após uma rápida caminhada, eis que nos deparamos com a primeira jóia da coroa deste troço. Uma passagem vertical de aproximadamente 40 metros transporta-nos para uma paisagem verniana, mais precisamente para um cenário que nos faz recordar a obra-prima "Viagem ao Centro da Terra". Quando se começa a descer nem se imagina que estamos a entrar para um género de algar que é atravessado por uma ribeira. Lá em baixo apercebemo-nos que estamos num "grandioso buraco quadrado" que é seccionado por uma linha de água que segue o seu curso num dos vértices desta "caixa". Numa das suas paredes podemos avistar um dos fenómenos conhecidos desta ilha que é caracterizado pelo facto do basalto ter solidificado em forma de estrias verticais. Rochas de Bordões chamam-lhe os entendidos da matéria.



Il ruscello comincia com due o tre rapel abbastanza accessibili che hanno finito per funzionare come luogo d'allenamento per i meno esperti. Si riporta che da subito questa linea d'acqua impone la sua bellezza frutto della flora spettacolare che la circonda. Dopo una piccola progressione arriviamo ad una sequenza di tre passaggi, che variano tra i cinque e i sette metri di altezza, in mezzo a pareti verticali, cosa che conferisce alla zona uno scenario "ingolato".
Si tratta di ostacoli semplici e di facile esecuzione. Una volta oltrepassati, e dopo una rapida camminata ecco che ci troviamo di fronte alla primo gioiello della corona di questo tratto. Un passaggio verticale di circa quaranta metri ci trasporta in un paesaggio verniano, più precisamente uno scenario che ci fa ricordare il capolavoro "Viaggio al centro della terra". Quando si comincia a discenere non si immagina nemmeno che stiamo per entrare in una specie di foro attraversato da un ruscello. La in basso ci rendiamo conto che siamo in un "grandioso buco quadrato" che è sezionato da una linea d'acqua che segue il suo corso in uno dei vertici di questa "cassa". In una delle pareti possiamo avvistare uno dei fenomeni conosciuti di quest'isola che è caratterizzato dal fatto ce il basalto si è solidificato in forma di strati verticali. Gli esperti della materia le chiamano Rochas de Bordões.



The river begins with two or three very simple rapels that eventually served as training spot for the less experienced. It should be noted that very early this water line displays its beauty due to the spectacular flora that surrounds it. After a short walking follows a sequence of 3 sections, ranging from 5 to 7 feet tall, between vertical walls. These are obstacles simple and easy to perform. Once they are overcame, and after a quick walk, we are faced with the first jewel in the crown of this section. A vertical passage of about 40 meters transports us to a "Verneish" landscape, more specifically to a scenery that reminds us of the masterpiece "Journey to the Centre of the Earth". When it starts to go down, one would not imagine that we are entering a kind of grotto which is traversed by a stream. Down there we realize that we are in a big "square hole" that is sectioned off by a water line that runs its course in one of the vertices of this "box". On one wall we can see one of the phenomena known in this island that is characterized by the fact that the basalt has solidified in the form of vertical grooves. "Bordões Rocks" call it the "expert" in the matter.



Marco Melo




Marco Melo & Pedro "Bica"






Carlos & Claudia Susana




Pedro "Bica" & Claudia Susana




Marco Melo




João Escudeiro



Marisa Visser




Marco Melo




Carlos Mendes






Marco Melo




Team Flower Power II





Marco Melo & João Escudeiro





Rocha dos Bordões



Rocha dos Bordões





Claudia Susana





Marisa Visser & João Escudeiro





Pedro "Bica" & João Escudeiro





FernadAlho




Team Flower Power III





Rocha dos Bordões - 5 stars Spot




Pequena Garganta / Piccola Gola / Small Gorge





Pequena Garganta / Piccola Gola / Small Gorge





FernadAlho




O percurso segue depois por uma ligeira caminhada dentro de uma pequena garganta. Uma vez mais a paisagem é belíssima. Com os olhos nas árvores, plantas, água, pedras e troncos mortos, alcançámos uma velha ponte em pedra que serve de azimute para a divisão dos dois troços desta ribeira. Aproveitando, uma vez mais, uma árvore de grande porte, que se encontra na margem direita, montamos um rapel que nos ajudaria a descer os 18 metros que nos separavam de uma nova dimensão. Em breve entraríamos numa espécie de trincheira cuja profundidade rasga um bosque misto de incenso e cryptomerias. Durante algum tempo toda a progressão é feita num zig-zag constante dentro deste entalhe que a água escavou ao longo de muitos anos. Com esta invulgar paisagem a acompanhar a nossa jornada chegamos à última parte deste fabuloso canyoning.


Il percorso prosegue poi per una leggera camminata dentro una piccola gola. Ancora una volta il paesaggio è bellissimo. Com gli occhi negli arberi, piante, acqua, pietre e tronchi morti, taggiungiamo un vecchio ponte di pietra che funge da segnale di divisione dei due tratti di questo ruscello. Approfittando, ancora una volta, di un albero di grandi dimensioni, che si trova sulla sponda destra, abbiamo montato un bel rapel che ci há aiutati a scendere i diciotto metri che ci separavano da una nuova dimensione. In poco tempo saremmo entrati in una specie di trincea la cui profondità taglia un bosco di incensi e crittomerie. Per qualche momento la progressione è fatta in uno zig-zag costante in questo taglio che l'acqua há scavato attraverso gli anni. Com questo paesaggio raro ad accompagnare la nostra giornata arriviamo all'ultima parte di questo canyoning favoloso.


The route then continues with a slight walk in a small gorge. Once again the scenery is beautiful. With eyes on the trees, plants, water, rocks and dead trunks, we reached an old stone bridge that splits the two sections of this river. Taking once again a large tree, which is on the right bank, we set up a rappel that will help us down the 18 meters that separated us from a new dimension. Soon would enter a sort of trench whose depth rips a mixed forest of Cryptomerias and incense. For a time all the progress is made in a constant zig-zag within this notch that the water has carved over many years. With this unusual landscape to follow our journey we reached the last part of this fabulous canyoning.


Carlos Mendes




Claudia Susana





Marco Melo & Claudia Susana





Marco Melo & Marisa Visser





Team Flower Power IV





No Comments





Inverno "Ricky"

Esta secção final inicia-se numa passagem de sensivelmente 15 metros, ou de 9 para quem prescinda das cordas e decida saltar, e caracteriza-se pelo facto da água correr dentro pseudo-galerias nas quais a luz praticamente não penetra o que origina ausência de vida. O final é simplesmente deslumbrante !!! Podemos adiantar que o mar está presente. O resto só mesmo vivendo a experiência para a sensação ser real e inesquecível. Vale a pena !!!

Uma verdadeira obra prima da natureza !!!

Obrigadão ao Marco e ao Carlos



Questa sezione finale inizia in un passaggio di quindici metri circa, o di nove per chi faccia a meno delle corde e decida di saltare, e si caratterizza per il fatto che l'acqua scorre dentro alcune pseudo-gallerie nelle quali la luce praticamente non arriva, provocando l'assenza di vita. Il finale è semplicemente abbagliante !!! Possiamo anticipare che c'è il mare. Resta solo da vivere l'esperienza per rendere la sensazione reale e indimenticabile. Ne vale la pena !!!

Un vero capolavoro della natura.

Grazie a Marco e Carlos.




This final part begins with a section of about 15 meters, or 9 for those who dispense the ropes and decides to jump, and is characterized by the fact that the water runs in pseudo-galleries in which the light barely penetrates, causing absence of life. The end is simply stunning! We can say that the sea is present. As for the rest, just living the same experience to feel that it is real and unforgettable. Worth it!

A true masterpiece of nature!

Thanx to Marco and Carlos.



Galeria / Gallerie / Gallery




Pedro "Bica", Inverno "Ricky" & Marco Melo




FernadAlho




Claudia Susana




Marco Melo





The End !!!




ILHA DAS FLORES - AZORES













ILHA DO CORVO - AZORES













LINK


4 comentários:

PMarquês disse...

Muito bem... estou a ver que há gente a divertir-se enquanto outros trabalham... eheh... Obrigado por partilharem estas experiências com aqueles que admiram estes spots naturais de beleza indescritivél. Um abraço.
Pedro Marquês

Anónimo disse...

Grande aventura cá!
Espero ver-vos um dia destes.
Ah o outro dia fiz a ribeira do cão com o nosso amigo Luís Paulo de São Jorge.
E a Próxima é a das Casas..

Uma grande abraço e Força ai

Marco Melo - Westcanyon

paulo disse...

Demais!!!!
Um vá para fora "cá dentro"muito interessante.
Abraço
Paulo Lopes

Paulo Henriques disse...

Fantástico!